.>
Alguns conteúdos desta seção estão disponíveis apenas para quem estiver logado.
Caso tenha acesso, faça seu login aqui
postado sob 2020, arte, EM

Já é uma tradição: todo ano, o professor Renato Izabela fecha seu curso de História da Arte do Ensino Médio propondo aos alunos do 3º EM do Ítaca um grande grafite em alguns muros do Colégio.

A turma discute, decide, planeja. E a obra se inicia. Coletiva em uns momentos; individual em outros

Na verdade, além de um trabalho de criação e integração bem como de ocupação de um espaço da escola, é uma proposta atrelada ao final do curso de 3 anos, momento em que se estuda o início dessa manifestação artística em Nova Iorque, com Basquiat; o grafite no Brasil, com Alex Vallauri, e o caminhos dessa arte desde o grupo Tupi Não Dá (anos 80) até os hoje consagrados Os Gêmeos, Zezão, Prozac, Ciro Seu, entre outros.

O bônus é a turma deixar sua marca e sua despedida por um ano inteiro  nos muros do Colégio (até a próxima turma se formar). Efêmera sim, mas expressiva, rica e significativa ...

Vejam algumas imagens da turma de 2019!

+22
fechar